No Laos Policiais Espancam Cristão Para Forçá-lo a Renunciar Sua Fé



Segundo o site Persecution um homem foi detido, espancado e preso no Laos na província de Savannakhet por estar praticando sua fé cristã.

A polícia alegou que Agoon foi preso por estar cortando árvores ilegalmente em uma área de preservação ambiental. Porém muitas fontes locais acreditam que Agoon foi marcado por ser cristão. Em entrevista a Radio Free Asia’s uma pessoa informou que o envolvimento de Agoon com o desmatamento em área protegida foi apenas uma desculpa usada para prendê-lo por ser cristão, pois todos os outros envolvidos na pratica não são cristãos e nenhum deles foi preso. Já outro entrevistado disse que Agoon apenas cortou três arvores a pedido do líder de uma vila no distrito de Phin. 

Agoon  informou que enquanto estava preso os policiais tentaram forçá-lo a renunciar sua fé, mas que ele resistiu. Ele também afirmou que ele foi brutamente espancado por eles ao ponto de não conseguir ouvir mais nada.

A perseguição aos cristãos não é algo incomum no Laos que é um país comunista e de maioria budista. Recentemente três americanos foram detidos pelo governo local por estarem distribuindo bíblias e materiais de evangelização sem permissão.

Comentários