Meninas cristãs são alvo de perseguição na Indonésia


Jovens estão sendo treinados para ter meninas cristãs como alvo.

Na Indonésia, país majoritariamente muçulmano, a vida não tem sido fácil para os cristãos pelo fato da discriminação e perseguição, mas segundo o International ChristianConcern uma nova estratégia tem sido adotada para perseguir os cristãos locais. A estratégia que vem sido adotada e propagada por lideres influentes do país é a perseguição contra meninas cristãs.

Greg Kelley que faz parte da organização World Mission afirmou  ao Mission Network News que “lideres influentes estão literalmente treinando jovens para ter como alvo meninas cristãs para assim as engravidar.”

“Eles têm tido como alvo essas meninas para assim de certa forma atrapalhar o crescimento do Cristianismo, pois as famílias cristãs estariam tão envergonhadas que [...] eles forçariam sua filha a casar-se (com seu agressor) e assim fazendo-a entrar em uma família muçulmana.”

Kelley ainda afirmou que as famílias das vitimas enfrentam diversas situações difíceis, pois além deles sentirem vergonha da situação eles sofrem com o sistema de dotes que existe na Indonésia, pois com freqüência as famílias cristãs no país são pobres e não tem dinheiro para pagar os dotes. Então sabendo dessas dificuldades os agressores vão até as famílias das vitimas dizendo que eles não vão precisar pagar o dote por suas filhas.


Assim sem opção as famílias são forçadas a concordar com o casamento. Fazendo assim com que essas meninas entrem para famílias muçulmanas ao mesmo tempo em que são tiradas de sua comunidade. Em alguns casos essas garotas são a segunda ou terceira esposa de seus perseguidores.

Mesmo assim algumas dessas meninas preservam sua fé secretamente, já outras são forçadas a deixar sua fé cristã.

Comentários