“Ele era meu filho por 13 anos, mas ele é de Deus para sempre” diz pai que perdeu seu Filho durante ataques terroristas Sri Lanka


Arasaratnan Verl perdeu seu único filho, irmã e cunhado durante os ataques.

Entre aqueles que perderam suas vidas durante os ataques terroristas no Sri Lanka no domingo de Páscoa estão Jet Jackson Verl que tinha apenas 13 anos, o seu professor de escola dominical Sebamalai Ranjith Suranga e sua tia Verlini.

Em matéria o Portas Abertas entrou em contato com Arasaratnan Verl que é pai do adolescente Jackson e irmão de Verlini.

“Meu filho, Jackson, e minha irmã (Verlini) morreram no local” declarou Verl “já meu cunhado morreu uma semana após o incidente no hospital [...] Os seus rins pararam de funcionar e ele também sofreu queimaduras de terceiro grau.”

“Jesus morreu na Sexta-Feira Santa, e na Páscoa, Ele ressuscitou. Meu filho, minha irmã e meu cunhado morreram, mas eles vão ressuscitar com Jesus naquele dia.”

Apesar das feridas e perdas, Verl está decidido que vai dedicar sua vida a Deus, mesmo após o incidente. “Deus é bom,” declarou ele. “Deus é maravilhoso, Jesus é meu alicerce. Eu sou zero. Jesus é tudo.”

Sobre seu filho Jackson, Verl declarou que ele era seu único filho, e que também ele era capitão do time de basquete e que ele competia em diversos lugares. “Meu filho era meu por 13 anos, mas ele é d’Ele (Deus) para sempre.”

Comentários