Em Mianmar três cristãos são forçados a se converter ao budismo


Pessoas da etinia Chin em um local não identificado, 2007

Anteriormente os oficiais já haviam cobrado propina dos cristãos.

Segundo o Morning Star News, autoridades locais em Mianmar forçaram três cristãos a se converterem ao budismo no ultimo mês.

Na área de Ann no sul do estado de Rakhine, cinco oficiais tomaram dois cristãos da etnia Chin de seus lares e os levaram para um monastério no dia 24 de maio e os ameaçaram de os expulsarem de suas vilas se eles não se convertessem ao budismo.

Segundo relatos de fontes locais os cristãos que foram forçados a se converter ao budismo foram um pastor local e um membro de sua igreja. Eles também foram forçados a assinarem documentos diante de um monge para validar a sua conversão a nova religião. Os oficiais também ameaçaram os dois cristãos dizendo que eles pagariam uma multa de 100,000 kyats (R$ 252,25) se eles se envolvessem com atividades cristãs novamente.

Já em um segundo caso no dia 25 de maio, um monge budista levou outro cristão para as autoridades locais de sua vila para forçá-lo a assinar documentos para dar inicio a sua conversão ao budismo com a ameaça de que se não fizesse isso ele seria expulso de sua vila.

Você tem o chamado para pregar a palavra de Deus?
Se sua resposta é sim então clique no botão abaixo!


Comentários