Após seis meses em cativeiro cristãos são libertos


É estimado que cerca de 100,000 cristãos foram forçados a deixar suas casas para viver em campos onde lhes são negados comida e cuidados a saúde.

Segundo o International Christian Concern no dia 01 de agosto, o Exercito do Arakan libertou moradores de um vilarejo localizado no estado de Chin em Mianmar. Os moradores foram mantidos em cativeiro por seis meses em um acampamento fronteiriço e após negociações a liberação dos cristãos foi confirmada.

Atualmente Mianmar é considerado o décimo oitavo país que mais persegue cristãos no mundo. Cerca de 4,3 milhões de cristãos vivem no país que majoritariamente é budista e qualquer pessoa que negue tal herança budista é considerada potencialmente perigoso.  

Você tem o chamado para pregar a palavra de Deus?
Se sua resposta é sim então clique no botão abaixo!


Comentários