Após batismo policiais questionam membros de igreja no Nepal


Atualmente o Nepal é considerado o trigésimo segundo país que mais persegue cristãos no mundo.

No dia 10 de novembro dois policiais juntamente com outros dois homens entraram em uma igreja no Vale de Kathmandu, Nepal logo após um culto onde quatorze pessoas foram batizadas. Segundo informações enquanto os policiais alegaram que havia uma denuncia que a igreja estava forçando os novos convertidos a se batizarem.



Enquanto esperavam pela liderança da igreja uma senhora que havia sido batizada foi questionada pelos policiais. Uma das perguntas feitas foi se o batismo significava que ela estava mudando de religião.

A situação foi resolvida logo após um dos obreiros da igreja explicar para os policiais o que realmente a igreja acreditava sobre o batismo e o porquê eles não podiam obrigar alguém se batizar. Um dos dois homens que chegaram na igreja juntamente com os dois policiais deixou a igreja bravo, durante a explicação.  

A perseguição no Nepal vem aumentando e alegações de que cristãos obrigam locais a se batizarem não são incomum no país. Atualmente o Nepal é considerado o trigésimo segundo país que mais persegue cristãos no mundo.



O seminário sobre vida sentimental que está impactando vidas por todo o Brasil está disponibilizado online.
Conheça o Seminário do Olhar ao Altar!



Comentários