PARTIDO COMUNISTA CHINÊS PUBLICA VERSÃO ONDE JESUS APEDREJA MULHER ADÚLTERA

 

A história de João 8 é apresentada para estudantes chineses com um final adulterado. 

A grande maioria dos cristãos conhecem a passagem de João 8:3-11. Na passagem os fariseus e os escribas trazem até Jesus uma mulher pega em adultério e dizem “Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando. E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, o que dizes?”.  Jesus, porém, escrevia com o dedo na terra, mas como eles insistiam com que Cristo respondesse ao questionamento, Jesus diz para eles que aqueles que dentre eles estivesse sem pecado que atirasse a primeira pedra. Ao ouvirem aquilo “acusados pela consciência, saíram um a um”. Jesus então diz “mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?” e ela o responde dizendo “não, Senhor” e a história termina com Cristo dizendo para ela “Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.”

Essa é uma história que demostra misericórdia e perdão. Porém para o Partido Comunista Chinês (PCC) tais atributos devem ser omitidos. Porém de acordo com a UCA News, uma versão “alternativa” da historia foi publicado pela University of Electronic Science and Technology, que é uma universidade controlada pelo governo chinês.

Na versão publicada pela universidade, após os fariseus e escribas deixarem o local, Jesus apedreja a mulher até a morte dizendo, “Eu também sou um pecador. Mas se a lei pode somente ser executada por homens sem culpa, então a lei seria morta”.

“Eu quero que todos saibam que o PCC sempre tentou distorcer a história da Igreja, para caluniar nossa igreja, e fazer pessoas odiarem a Igreja,” publicou um fiel em uma postagem com o “texto alternativo” em uma rede social.  Mathew Wang, um cristão professor de uma escola vocacional, confirmou a veracidade do material, mas afirmou que as versões do texto variam dependendo do lugar em dentro da China.

Wang também acrescentou que o autor usa um exemplo errado para assim justificar as leias socialistas chinesas.

 

 

 


Não perca a chance de conhecer sua Bíblia de capa a capa!

Comentários