DONO DE LIVRARIA CRISTÃ É PRESO NA CHINA

 


Em matéria, o International Christian Concern afirmou que um cristão chinês dono de uma livraria online, Chen Yu, foi acusado de “operações de negócios ilegais” e foi sentenciado a sete anos de prisão e multado em 200,000 RMB (cerca de R$167.000,00 na conversão atual).

De acordo com um documento compartilhado por um padre local, o cristão Chen Yu também terá os quase treze mil livros cristãos de sua livraria confiscados e destruídos pela segurança local.

No dia 1 de setembro de 2019, Chen, foi pego vendendo livros importados de Taiwan, dos Estados Unidos e de outros países que não haviam sido aprovados pelo governo local. Consequentemente uma investigação foi acionada para chegar até os clientes da livraria.

Um pastor da mesma cidade em que Chen Yu operava sua livraria declarou a revista Bitter Winter “Pessoas que compram livros cristãos são crentes praticantes, então o governo olha para eles para determinar o quão perigosos eles são para a estabilidade do regime”. Ele também afirmou que já foi acionado pelo governo por ser cliente de uma livraria cristã.

 

 

 


Não perca a chance de conhecer sua Bíblia de capa a capa!

Comentários